CULINÁRIA CIGANA


CULINÁRIA CIGANA

Culinária Cigana

 Na culinária cigana são indispensáveis: o cravo, a canela, o louro, o manjericão, o gengibre, os frutos do mar, as frutas cítricas e as frutas secas, o vinho, o mel, as maçãs, as peras, os damascos, as ameixas e as uvas que fazem parte inclusive dos segredos de uma cozinha deveras afrodisíaca.

 

Pratos Tradicionais

Armiana: Salada de alface (em rodelas) com champignon; queijo de cabra, cenoura, beterraba (em pedaços) e beringela frita (em tiras).

Enfeitas com uvas-passas, raminhos de hortelã e pétalas de flores.

Assados: Pernil de carneiro (Bakró); Pernil de leitão (Baló); Cabrito frito com arroz e brócolis (ou lentilha ou nozes); e/ou roletes de carne bovina ou frango com pedaços de cebola, pimentão (verde e amarelo) e tomate.

Brynza: Queijo de cabra (cru ou frito).

Chivuiza: Destilado à base de trigo (espécie de aguardente).

Civiaco: Torta salgada ou doce.

Manouche: feijões vermelhos grandes, pedaços de carne e de ossos de pernil de porco, alhos-porós em pedaços, salsão com as folhas em pedaços, alhos comuns inteiros com casca, cenouras e batatas cortadas em pedaços grandes, sal e pimenta-do-reino (moída na hora) à gosto; arroz branco que deve ser incorporado na última etapa do cozimento.

Goulash: Cozido de rroz, batata, pedaços de carne bovina e páprica ardida.

Malay: Pão de milho.

Manrô/Lolako: Pão redondo de Farinha de Trigo.

Mamalyga: Polenta.

Naut: Grão de Bico com lingüiça.

Paprikach: Costela defumada (bovina ou suína) e bacon ao molho vermelho de tomate e pimentão com batatas pequenas, cozidas (na casca) e páprica doce.

Papuchá: Pirão de Milho.

Sifrite: Ponche de Frutas com Champagne, Vinho e/ou refrigerante.

Enfeitar com pétalas de rosa

Sarmá: Arroz com lentilha, carne seca desfiada e nozes.

Sarmy/Salmava: Charutos ou Rolinhos feitos em folhas de repolho recheados com lombo ou carna bovina moída, azeitonas, bacon e molho dourado; e/ou em folha de uva com recheio de bacalhau.

CULINÁRIA CIGANA

 
Para os Ciganos cozinhar é muito especial porque através da comida acredita-se que uma pessoa pode encantar a outra. Cada ingrediente utilizado pelo cigano no preparo de sua comida leva consigo um sentido próprio, um desejo, um objetivo.As fazes da lua, são muito importantes para o preparo da comida cigana.Na Lua Nova: é de boa energia para terminar trabalhos inacabados ou começar projetos que queremos que dêem resultados imediatos.

Na Lua Crescente
: Os Ciganos cozinham para aqueles que devem tomar conhecimento de seus projetos, trabalhos e também para o casamento, noivados. É nesta lua que são colhidas as ervas e especiarias, caso seja cultivadas em horta doméstica.
Na Lua Cheia: Os Ciganos reúnem as pessoas mais queridas para servi-lhes os alimentos encantados esperando os melhores comentários. Também é a lua melhor para lançar um produto e também iniciar um projeto que desejamos que se torne público.

Na Lua Minguante:
 Dedicam a cozinha para a cura. Fazem os remédios caseiros utilizando as ervas, raízes, sementes, frutas e flores. Na cozinha cigana estão inclusos. As carnes de porco, frango e boi que são as mais utilizadas.Utilizam também muits especiarias e temperos de diversas partes do mundo, como, frutas, nozes e amêndoas que estão sempre presentes em diversos doces. Também são utilizados o ovo, manteiga, queijo e frios. As massas são de fabricação caseira e os pães são feitos ritualisticamente para ser oferecidos como alimento do corpo e do espírito.

RECEITAS

Assados:

Pernil de carneiro (Bakró);

Pernil de leitão (Baló);

Cabrito Frito com

arroz e brócolis (ou lentilha ou nozes);

e/ou roletes de carne bovina ou

frango com pedaços de cebola, pimentão (verde e amarelo) e tomate.

.
.
.

DOCE DE OURO DOS CIGANOS

Duzentos gramas de açúcar fino

Uma xícara de chá com água

Casca de uma laranja

Seis cravos da Índia

Dois pedaços de canela em pau.

Seis ovos, retire as claras bate em neve depois coloque as gemas e volta a bater até ficar cremoso.

MODO DE PREPARAR

Coloque em uma panela a água com a casca da laranja, os cravos da índia e a canela em pau.

Deixar ferver bem. Depois coe em uma peneira.

Volta para a panela só o liquido e coloque o açúcar para fazer uma calda branca.

Quando esta calda estiver fervendo vai jogando as colheradas dos ovos batidos.

OBS: Sempre é bom jogar de uma a duas nunca demais para não se juntarem.

Quando ficar na superfície desta calda retire com uma espumadeira uma a uma,

vai colocando em uma compoteira grande e bonita.

Quando acabar a sobra da calda coloque em cima de tudo um pouco fria.

Esta ai o doce de ouro o melhor o doce de ouro em calda dos ciganos.

.
.
.

BISCOITO DE CANELA

2 ovos

1 e ½ xícara de chá rasa de farinha de trigo

4 colheres de sopa rasa de amido de milho

2 colheres de sopa rasa do Multi-Adoçante Lowçucar, ou Stevia Plus Lowçucar

2 colheres de sopa cheia de margarina light

2 colheres de chá rasa de fermento em pó

1 colher de chá rasa de canela

MODO DE PREPARAR

Junte todos os ingredientes em um recipiente e misture-os formando uma massa homogênea. Unte uma forma com margarina e farinha. Faça bolinhas apertando-as com um garfo.

Leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos.

.
.
.

PÃO COM FRUTAS

1 kg de farinha de trigo integral

2 tabletes de fermento biológico

2 copos duplos de água morna

1 xícara de óleo

1 colher de chá de sal natural

4 colheres de sopa de açúcar mascavo

1 xícara de frutas cristalizadas cortadas

em pedaços pequenos

½ xícara de uva passa

MODO DE PREPARAR

Dissolver o fermento na água morna,

acrescentar o açúcar, a farinha, o óleo e o sal.

Amassar bastante. Misturar as frutas

e dividir a massa em 2 partes iguais.

Untar 2 fôrmas e colocar a massa

que deve atingir a metade da

altura da fôrma. Cobrir

e deixar crescer por 3 horas.

Assar em forno quente.

Cigana Ana Natasha

.
.
.

ARROZ CIGANO

3 xícaras de chá de arroz branco

6 xícaras de chá de água

2 maças-vermelhas grandes cortadas em pedaços sem casca.

250 gramas de passas sem caroço

250 gramas de queijo mussarela

2 bananas sem casca, cortadas em vertical e fritas no azeite doce

1 xícara de açúcar fino misturado com canela em pó.

MODO DE PREPARAR

Cozinhe o arroz com as passas e açúcar agosto.

Depois deste arroz cozido e frio; coloque em uma forma, ou tabuleiro ou em um pirex.

Em camadas a primeira de arroz, depois algumas fatias de banana frita e por cima das bananas um pouco de açúcar com canela em pó; em cima disso tudo algumas fatias de queijo mussarela.

A segunda camada coloque em cima do queijo mais um pouco de arroz, em cima do arroz algumas fatias fina de maçã, em cima das fatias de maça um pouco de açúcar misturado com canela e por cima algumas fatias de queijo.

Repita as camadas, terminando com o queijo mussarela.

Leve ao forno até derreter o queijo.

.
.
.

BOLO CIGANO (CIGANOS DE PORTUGAL)

6 ovos

250 grs. de miolo de amêndoa, pelada e ralada

250 grs. de açúcar

100 grs. de chocolate em pó

1 chávena de doce de gila

Para os ovos moles

300 grs. de açúcar

1,5 dl de água

5 ovos inteiros

1 gema de ovo

1 colher de sobremesa cheia de maizena

MODO DE PREPARAR

Unte uma forma redonda e lisa com manteiga, forre o fundo com papel vegetal e torne a untar.Bata muito bem os ovos com o açúcar até obter uma mistura fofa.Envolva bem sem bater, o chocolate, a amêndoa ralada e a gila.Deite o preparado na forma e leve ao forno moderado a cozer cerca de 45 a 50 minutos (este bolo não pode ficar demasiado seco, tem que ficar úmido).Depois de cozido, deixe arrefecer um pouco e desenforme.

Depois de frio, barre todo o bolo com os ovos moles.

.
.
.

OVOS MOLES

Leve ao lume numa caçarola, o açúcar misturado com a água.Deixe ferver cerca de 3 minutos.Retire do lume, e, deite em fio sobre os ovos previamente batidos com a maizena.Leve novamente a lume moderado, mexendo sempre até engrossar.

Sathya Mandir

.
.
.

MANJAR DE SANTA SARA

Esse Manjar é servido durante a Slava de Sara Kali , no dia 24 de maio.

Leite de coco

Açúcar

1 fava de baunilha

Amido de milho

Coco ralado

Ameixas secas

Claras de ovos

Limão

MODO DE PREPARAR

Faz-se a receita , misturando os ingredientes e levando ao fogo brando para cozinhar, até que se faça um mingau consistente.

Depois disso , colocar numa forma de pudim, deixar esfriar e levar à geladeira até endurecer totalmente.

Quando desenformar , bater algumas claras em neve, acrescentando açúcar,

caldo e raspa de limão branco.

Cobrir todo o manjar e levar rapidamente ao forno pré-aquecido para dourar.

Serve-se em seguida.

Para oferenda pessoal você deve acrescentar as claras em neve, cobrir com pétalas de flores brancas e levar ao mar, ascendendo as velas de virgem Sara, Santa Maria Salomé e Santa Maria Jacobé.

OBS: O manjar da oferenda deve ser recheado de pedidos de graça .

Sathya Mandir

.
.
.

KOLACO (Pão Cigano)

Como já sabemos o pão é um alimento sagrado.

E este pão não deve ser cortado jamais com faca.

Deve ser repartido com as mãos entre todos os presentes.

Pois é servido pelos Romani nas Slavas ( festas comemorativas em louvor aos Santos) ,

batizados, casamentos e cerimõnias especiais.

A magia do pão é tão somente a intenção de quem o faz, a sua energia pessoal, por isso na hora de prepara-lo é bom estar com pensamentos bons e puros, pensando somente coisas boas.

É símbolo da vida, da harmonia e da amizade.

.
.
.

PARA 3 PÃES

1 quilo de farinha de trigo

1 litro de leite morno

50 gramas de fermento para pão

3 ovos inteiros

1 colher e meia de manteiga

sal a gosto

manteiga derretida

1 punhado de Erva-Doce

1 pouco de Cravo da Índia

Canela em casca.

MODO DE PREPARAR

Misture a farinha de trigo e o fermento dissolvido no leite morno.

Acrescente os ovos e a manteiga,

trabalhe a massa, sem sová-la.

Acrescente um punhado de cravo da índia e sal a gosto.

Deixe descansar coberta com um pano úmido, até crescer.

Depois forme três ou mais pães redondos, e coloque para assar em um tabuleiro untado e polvilhado com farinha de trigo. Decore os pães com gravos e canela em casca.

Derreta 3 colheres de manteiga e regue os pães.

Deixe assar em forno pré aquecido a 250 graus, por 40 minutos.

Caso ao final deste tempo ainda não estejam dourados e crescidos,

mantenha-os no forno até que fiquem prontos.

Sathya Mandir

.
.
.

BOLO LIBANITZA (CIGANO)

3 e ½ xícaras de farinha de trigo com fermento (controlar)

2 xícaras de amido de milho

1 xícara de açúcar refinado

1 colherinha de essência de baunilha

3 ovos batidos

1 xícara de leite

100g de manteiga em temperatura ambiente

RECHEIO

1 lata de leite condensado

½ xícara de açúcar

1 colher de sopa de manteiga

3 ovos

1 colherinha de essência de baunilha

50g de queijo parmesão ralado

200g de ricota picada

50g de coco ralado desidratado

MODO DE PREPARO

1. Em uma vasilha misture farinha , amido, açúcar, baunilha e abra uma cova, junte a manteiga, ovos batidos e o leite, amasse inicialmente com a colher e depois com a mão até obter uma massa muito macia.

2. Junte mais farinha aos poucos, para ficar com consistência de massa de modelar,

meio úmida, levemente grudenta.

3. Coloque em forma de abrir pequena (uns 30 cm de diâmetro).

4. Espalhe a massa no fundo e laterais da forma, até o topo da borda,

passe a mão pela farinha que ajuda a espalhar bem.

5. Bata todos os ingredientes do recheio no liquidificador aos poucos.

6. Coloque o recheio na forma sobre a massa.

7. Asse em forno pré-aquecido para dourar, temperatura média/baixa cerca de 40 minutos, vai sair líquida e só depois de fria é que fica em ponto de cortar desenformar e cortar.

Rosaura Fraga

.
.
.

ALCACHOFRAS CIGANAS

7 alcachofras grandes

2 colheres de sopa de suco de limão

sal

MOLHO VINAGRETE

1 /2 xícara de chá de vinagre

3 colheres de sopa de azeite de oliva

sal e pimenta do reino

1 xícara de chá de cogumelos em conserva picados

1 pimentão grande em tiras

3 tomates picados

folhas de alface para decorar

MODO DE PREPARO

Lave as alcachofras e corte o talo rente à base. Cozinhe em água com limão e sal por 40 minutos. Retire as folhas e a parte fibrosa, conservando apenas o fundo. Misture o vinagre ao azeite, sal e pimenta. Junte, à metade, os cogumelos, pimentão e tomates.

Forre uma travessa com as folhas de alface. Disponha por cima os fundos da alcachofra.

Cubra com o molho misturado aos cogumelos, tomates e pimentão. Regue tudo com o restante do molho vinagrete. Sirva depois de 30 minutos.

RIGO JANCSI

.
.
.

Tortilha Cigano Húngaro Rigo Jancsi

Esta famosa tortilha leva o nome do cigano húngaro Rigo Jancsi que raptara uma princesa por amor. No casamento dos dois, serviu-se a torta em homenagem aos noivos, pois era o doce predileto de Rigo, com o qual presenteava sua amada. O nome Rigo Jancsi significa João Canário.

INGREDIENTES

8 colheres de sopa de manteiga

13 colheres de sopa de açúcar

4 ovos

1 xícara de chá de farinha de trigo

3 colheres de sopa de cacau em pó

100 gramas de chocolate em barra

4 xícaras de chá de creme de leite sem soro

30 gramas de geléia de damasco

150 gramas de chocolate meio amargo derretido

MODO DE FAZER

Misture 8 colheres de manteiga e três colheres de sopa da açúcar, até formar um creme.

Bata as quatro claras em neve, com 5 colheres de sopa de açúcar, e junte ao creme.

Depois, acrescente 1 xícara de farinha de trigo e 3 colheres de sopa de cacau em pó.

Estenda a massa numa espessura de cerca de 2 cm e coloque numa assadeira redonda média, coberta com papel manteiga. Leve ao forno pré-aquecido a 220º C. Quando a massa estiver assada, polvilhe sua superfície com farinha de trigo e vire-a, retirando o papel e deixando-a esfriar. Agora, derreta o chocolate em banho-maria. Ferva o creme de leite e espere esfriar. Depois bata-o com 5 colheres de açúcar até o ponto de chantili.

Acrescente ao chocolate quente, aos poucos, batendo sempre para não encaroçar. A seguir, corte a massa em duas partes iguais e uma delas cubra com geléia de damasco e depois com o chocolate derretido. Cubra a outra metade da massa com o chantili misturado ao chocolate. Em seguida, junte as duas metades e cubra a torta com chocolate derretido em creme de leite e guarde na geladeira.

*

*

OVOS DO FOGO

Esse feitiço que irei passar agora é para quando sentimos que as energias das pessoas de dentro de casa estão em baixa, então fazemos esse feitiço e damos para todos comerem.

Pode ser feito em qualquer lua, só não pode estar menstruada.

Ingredientes para o molho:

5 tomates

2 latas de molho de sua preferência

1 cenoura crua

2 cebolas grandes

3 dentes de alho

Manjericão e orégano a gosto

1 pitadinha de açúcar

Sal a gosto

Colocar todos os ingredientes, menos o manjericão e o orégano, dentro do liquidificador. Os ingredientes são crus. Bater tudo e colocar numa panela de pressão, depois de o molho pronto, acrescentar o sal, o açúcar, o manjericão e o orégano, pegar 5 ovos inteiros e jogar dentro do molho, esperar um pouco, deixar ferver. Serve com arroz branco.

É uma delicia e faz com que as pessoas se tornem mais limpas, isto é, sem energia ruim.

Dizem que quando as pessoas de casa ou amigos estão nervosos, elas estão com o Gundum Gerere. Gundum Gerere é um diabinho que fica no nosso ombro esquerdo, atormentando e fazendo coisas ruins para nos.

E essa comida faz com que ele desapareça esteja certa que é uma lenda cigana, porem todas as lendas tem o seu significado

*

*

CHARR TSULHARDO

Ingredientes do cozido:

1 repolho médio;

1/2 quilo de costelinha do porco defumada;

1 kg de bisteca do porco;

100 gramas de bacon picado

2 tomates vermelhos;

1/4 de xícara de arroz;

1/4 de copo de vinagre

Sal, a gosto;

Pimenta do reino e pimenta dedo-de-moça, a gosto.

Modo de fazer: Colocar as carnes para cozinhar, em dois litros de água. Juntar o repolho cortado bem fininho, o arroz, os tomates inteiros, a pimenta do reino e o vinagre. Quando o tomate estiver cozido, tirar num prato, amassar e retomar  a panela. Acrescentar a pimenta dedo-de-moça e deixar continuar a fervura.

Ingredientes do molho Prejala:

3/4 de xícara do óleo;

1 concha de sopa de farinha de trigo;

2 colheres de colorau (calorífico);

2 folhas de louro.

Modo de fazer: Numa panela do ferro pequena, esquentar o óleo. Colocar a farinha do trigo, mexendo sem parar, até dissolvê-la bem. Depois que a farinha estiver dourada, juntar o colorau. Juntar esse molho à panela do cozido que está fervendo. Deixar ferver por mais 2 minutos e estará pronto.

Servir com arroz branco e uma salada.

Nota: Essa receita tem a característica de um creme.

*

*

À Moda Cigana

Ingredientes-350g de carne seca

-350g de bacon
-350g de linguiça
-1kg de arroz branco
-1 molho de coentro
-1 molho de cheiro-verde
-4 dentes de alho
-1 cebola grande
-1 pitada de pimenta-do-reino
-3 colheres de azeite de oliva

Modo de Preparo
Doure o alho no azeite e logo depois, coloque a cebola bem picada e refogue- a pouco. Coloque a lingüiça, o bacon e a carne seca picadas para fritar. Só não frite muito jogue o arroz e refogue bem. Quando estiver bem refogado, coloque água bem quente, cinco folhas de louro, uma pitada de pimenta e um sache de tempero pronto. O coentro e o cheiro verde coloque no final, quando tiver pronto para não perder seu aroma e sabor

coloque em uma travessa e sirva em seguida.

*

*

FEITIÇO DO CAQUI

Eu vou passar uma receita maravilhosa, que funciona de verdade, faz qualquer casal parar de brigar.

O amor fica mais apaixonante e faz renovar os laços afetivos.

Esse feitiço deve ser feito numa lua cheia num dia de Venus e horário de Venus.

Em primeiro lugar, prepare a cozinha, acenda uma vela rosa e consagre a Deusa do Amor, eu sempre chamo por VEDRA.

Acenda um incenso de canela, abra o circulo e sente-se no chão, mentalize todo o amor que você sente pela pessoa,veja e sinta vocês juntos num namoro eterno e paz maravilhosa.

Pegue todos os ingredientes e abençoe cada um deles, sempre agradecendo a esse amor mágico.

Pronto, tudo feito comece o feitiço:

- Ingredientes:

2 caquis bem vermelhinhos

Água o suficiente

2 colheres de sopa de açúcar

1 pau de canela

1 estrela de anis

750g de carne de porco em file

Sal

Pimenta do reino em grão a gosto

1 maço de brócolis

Óleo o suficiente

1 ramo de manjericão

1 tomate maduro.

- Lave, descasque e corte os caquis em pedaços, leve ao fogo uma panela com 200 ml de Água, o açúcar, o pau de canela, o anis, e o caqui, deixe cozinhar ate obter um molho grosso.

Enquanto o molho estiver apurando, faça o sortilégio:

¨Deusa do amor, Deusa da beleza, faça o nosso amor aumentar em total realeza.

Tempere os files com a pimenta e o sal, separe os brócolis em buques, e cozinhe em água e sal,leve ao fogo uma frigideira com óleo e frite os files, doure a carne e acrescente as folhas de manjericão. Coloque os files em pratos individuais, e regue com o molho de caqui. Sirva com o tomate cortado em gomos, e os brócolis.

Prepare-se para uma noite encantada.

Esse feitiço é fantástico!!!

*

*

BOLINHAS CIGANA

1 LATA DE MILHO VERDE

2 OVOS

1 XICARA (CHÁ) DE LEITE

8 COLHERES (SOPA) DE FARINHA DE TRIGO

4 COLHERES (SOPA) DE QUEIJO RALADO

1 COLHER (SOPA) DE MARGARINA

SAL A GOSTO

BATER TUDO NO LIQUIDIFICADOR E LEVAR AO FOGO SEMPRE MEXENDO, ATÉ SOLTAR. RETIRE DO FOGO, DEIXE ESFRIAR E MODELE EM BOLINHAS COM AS MÃOS ÚMIDAS. PASSAR NA CLARA DE OVO E NA FARINHA DE ROSCA. FRITAR.

*

*

CREME DE ERVILHA

1 VD DE LEITE DE COCO (200ML)

500 G DE ERVILHAS

1 CEBOLA

1 PIMENTÃO VERDE

1 PIMENTÃO VERMELHO

1 TOMATE

1 COLHER (SOBREMESA) DE VINAGRE

1/2 XICARA DE SALSA PICADA

SAL E AZEITE A GOSTO

COLOQUE AS ERVILHAS DE MOLHO NA ÁGUA POR MEIA HORA.

NESTA MESMA ÁGUA, COLOQUE SAL A GOSTO E BATA NO LIQUIDIFICADOR.

REFOGUE A CEBOLA PICADA NO AZEITE, JUNTE O CREME DE ERVILHAS E O LEITE DE COCO. DEIXE FERVER. ADICIONE A SALSA, O TOMATE, PIMENTÕES E FINALMENTE O VINAGRE, DESLIGANDO O FOGO.

SIRVA QUENTE.

*

*

SOPA CIGANA

 

2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 cebola grande fatiada
3 dentes de alho, picados e amassados
1 talinho de aipo picado
1 xícara (chá) de abóbora em cubos
1 xícara (chá de batatas em cubos
3 xícaras (chá) de caldo de verduras
1 folha de louro
2 colheres de (chá) de páprica
1/4 colher de (chá) de açafrão-da-terra em pó
1 colher (chá) manjericão (usei o desidratado)
1/4 colher (chá) de canela moída
Pimenta em pó (chili) a gosto
2 tomates, sem pele ou sementes, picados
1 colher (sopa) de pimentão picado
1 1/2 xícara (chá) de grão-de-bico cozido
1 colher (sopa) de shoyu ou tamari
MODO DE PREPARAR:
Refogue a cebola e o alho no azeite de oliva. Acrescente o aipo e o pimentão picados e deixe refogar bem. Acrescente os tomates, as especiarias, as ervas, as verduras e o caldo. Deixe ferver, diminua o fogo, cubra e deixe cozinhar até as verduras amaciarem. Acrescente o grão-de bico e o shoyu, ajuste o sal se necessário. Deixe cozinhar um pouco mais em fogo baixo e depois sirva.
*
*
*

As receitas da culinária cigana são grande tesouro para nós. Tanto que as receitas são passadas de mãe para filha. Os segredos de cozinha, são segredos ritualísticos, são indispensáveis para qualquer tipo de acontecimento gastronômico que mobilize os ciganos. É preciso que o conhecimento seja passado, para que esta energia possa fluir e venha haver realmente a troca que o universo deseja a que a alma do mundo nos inspira para que seja passado. Quando vemos um alimento em sua banca de venda, ele pode parecer colorido, bonito, mais quando a alquimia é feita, quando é trocada a energia do alimento com a nossa na hora do preparo, é que começa a magia. Os Ciganos tem muitos procedimentos de cautela para que esta energia desprendia seja sempre positiva. Tendo uma série de sábios cuidados na hora de preparação das refeições. Pois sabemos que o corpo se nutre, mais é o espírito que se alimenta. A cozinha cigana é variada, condimentada, diferente, inesquecível. Todo zíngaro ou gadjô glutão, que aprecia os prazeres da boa mesa, irá certamente incluir receitas de culinária cigana no seu cardápio. Incríveis misturas, uniões impensadas, sabores suaves, picantes, embriagantes, deliciosos. Sabores diferentes e exóticos de cultura CIGANA

A cozinha cigana possui uma grande variedade de sabores, em virtude de seu movimento pelo mundo. Desde os primórdios dos tempos, as grandes caravanas, incorporam alguns sabores das terras onde passam. Quando acampam em algum lugar, os ciganos procuram conhecer de tudo, inclusive a culinária local. Aproveitando e principalmente transformando receitas, adequando ao paladar e aos nossos costumes, assim foram criadas receitas de sabores incríveis, exóticos e únicos, que só os ciganos sabem fazer. A influência do Oriente é marcante, por esse local ser de onde os ciganos se originaram (Índia), caracterizando vários pratos ricos em condimentos e temperos. Outras localidades por onde nosso povo passou ainda no grande Continente Negro, trouxeram enriquecimento ao paladar români. Da Europa, que foi a porta do mundo para os ciganos, tiveram influências de vários países. Espanha, Portugal, França e Itália, influenciaram com a sua culinária regional e tradicional. Muitos outros países onde viveram/vivem uma grande gama de “Filhos das Estrelas”, também trás algumas pitadas de criatividade que abrilhanta ainda mais o vasto manancial de receitas saborosas e únicas. Como já foi dito, a cozinha români, tem a capacidade de transformar e criar pratos, dando um toque cigano todo especial, utilizando condimentos de todo o mundo, como os ibéricos, meridionais, orientais e ocidentais e os tradicionais. E em virtude mesmo desse movimento constante e marcante, incorporado à cozinha cigana, fatores que podem passar despercebidos na cozinha gadjô. Fatores estes de supra importância para nós, no astral, modo de fazer, corpo puro do cozinheiro (a), material dos vasilhames, comidas tradicionais de ocasião e muitos outros costumes. Estas influências da Galétzo Români são traduzidas em pratos ímpares, que misturam doces, salgados, frutas frescas e secas, chás dos mais variados tipos, carnes, frios, e também uma variedade de gostosuras. A gastronomia de um povo andarilho, que mantém suas tradições, tem desde pratos rápidos e práticos, até pratos elaborados e sofisticados, e tem de estar à mostra, á mão dos que se interessarem em se deliciar com receitas de pratos, que são um verdadeiro tesouro.

Flores diversas ou do Campo Todas as frutas inclusive em caldas, e cristalizadas

 
*
*

****CONHEÇA O SIMBOLISMO DE ALGUMAS FRUTAS: ****

DOCES E SUCULENTAS, ESPALHAM-SE GENEROSAMENTE SOBRE TOALHAS VERMELHAS, EM FESTAS ALEGRES E CHEIAS DE MÚSICA. APAIXONADOS POR FRUTAS, OS CIGANOS AS USAM EM TODAS AS OCASIÕES, ALÉM DE EMPREGÁ-LAS EM CHÁS, BANHOS E MÁGICAS POÇÕES.

Abacaxi: Energético e refrescante; Ativa a confiança/ autoconfiança.

 

Ameixa: Representa o seio feminino: amor materno, poder feminino, doador da vida; Expressa as qualidades maternais; Pratos em ameixa são oferecidos às parturientes; Semente: representa o desapego ao lado material; eficaz contra o reumatismo e controle de vias respiratórias.

Amêndoas e castanhas: no ano-novo, as amêndoas são colocadas na carteira para atrair dinheiro. As castanhas são comidas para garantir o vigor sexual
Banana: Representação do falo: poder masculino; Usado em simpatias/ feitiços de amor pelos homens; Recuperação de energia masculina; Ativa a firmeza e a energia; Eficaz para tratamento de obesidade, renal e enxaqueca. 

Caqui: Afrodisíaco para homens; Umidade da polpa da fruta está ligada ao suco vaginal; Eficaz no tratamento de hepatite e tuberculose. 

 

Coco: Atrai paz e saúde (pela cor branca da polpa e verde da casca); Calmante.

Maçã: ela aparece em todos os rituais ciganos e é usada como base de perfumes, banhos, óleos e poções. Nas festas de casamento, as mesas com toalhas vermelhas e enfeites dourados também devem ser forradas com essa fruta, pois ela simboliza o amor e a paixão. Mais: casamentos sem maçãs significam que o amor não durará para sempre. Conhecimento espiritual;
Sabedoria e intelecto; Calmante; Eficaz no tratamento de anemia, brônquios, insuficiência hepática.
 

 

Peras: são as frutas preferidas dos ciganos, junto com as maçãs. Entre os persas, acreditava-se que o seu sabor perdurava até depois da morte. Por isso a pêra também está ligada à imortalidade e à boa saúde, além, é claro, da prosperidade, pelo tom amarelo da fruta. Associada ao útero; Ativa a criatividade; Também relacionada à energia sexual.

 

Laranja: Ativa o raciocínio; Revigorante; Eficaz no tratamento de sinusite, laringite, faringite e dores de cabeça.

 

Limão: Pela sua forma circular e a cor verde estão ligados à saúde;
Purificador e neutralizador; Eficaz contra todas as doenças.

 

Maracujá: Atua no sistema nervoso; Traz clareza de raciocínio; Trata da insônia.


 

Melão: pode significar prosperidade e um casamento rico pela frente. A fruta veio da Ásia e faz parte da cultura cigana há muito tempo, muitas vezes substituindo a pêra. É usada na magia cigana para garantir a união da família Símbolo do renascimento; Força física; Deve ser sempre ingerido sozinho.

 

Mamão: Representa o útero; Desperta a sensibilidade masculina;
Regulador do intestino.

 

Melancia: muito presente na decoração das festas, significa prosperidade (pela abundância de sementes) e fertilidade (pela cor vermelha do seu interior).

 

Morango: mais uma fruta vermelha empregada em poções de amor. A cor vermelha e o sabor da fruta dão a energia necessária para conquistar o ser amado. É utilizada também para curar desilusões amorosas, em chás e poções. Representa o coração; Felicidade e Ativa a energia sexual.

Abacates: os ciganos não têm dúvida em adotar frutas de outros países, desde que sejam doces.É o caso do abacate, originário do México. 

Uvas: se um cigano lhe der um cacho de uvas rosadas bem doces, saiba que ele quer se aproximar de você e ser seu amigo – ou talvez algo mais do que isso. Para eles, uvas e amizade andam sempre junto. Como em outras culturas, elas também são sinônimas de prosperidade. Os ciganos afirmam convictos, que o costume de comer doze uvas no réveillon – uma para cada mês – é uma tradição originada entre eles, assim como o hábito de ter frutas secas na mesa de Natal. Poder da consciência; Chá: fertilidade; Ingerida pela mulher em rituais; Relacionada ao sêmen masculino. 

Figo: outro estimulante sexual (aberto, assemelha-se ao órgão genital feminino). Usado também como remédio para combater a depressão, a ansiedade e a falta de memória. Ligado à elevação espiritual; Amor universal; Transcendência; Eficaz no tratamento de bronquite, escarlatina e problemas de uretra (podendo ser ministrado até para animais). 

Romã: uma fruta muito antiga. É empregada em chás e essências, como atrativo de dinheiro e felicidade. Em banhos ou talismãs, é garantia de fertilidade. Uma fruta muito antiga. É empregada em chás e essências, como atrativo de dinheiro e felicidade. Em banhos ou talismãs, é garantia de fertilidade.

 

Damasco: é a fruta afrodisíaca por excelência, vinda dos países mediterrâneos. A sua cor, laranja, traz vitalidade, fortalecendo a energia sexual. Os ciganos transformam os damascos em óleos aromatizantes, para envolver o casal apaixonado com o seu perfume.

 

Amoras e framboesas: pela cor, significam paixões arrebatadoras. As folhas de framboesa são usadas sobre o corpo da mulher, para proporcionar um bom parto. Essas frutinhas também são utilizadas como ingredientes em poções afrodisíacas.
 

Cereja: é uma das frutas fundamentais na decoração das mesas de noivado e casamento, pois significa o amor. Em poções e banhos, tem a função de atrair um parceiro. Os ciganos afirmam que as cerejas são diuréticas e calmantes.

ALECRIM

ALECRIM
É utilizados na culinária cigana para temperos de carnes, aves, peixes e legumes.É também usados para limpar e proteger os ambientes contra energias maléficas.

ESTRAGÃO

ESTRAGÃO
É excelente para realçar o sabor das carnes de coelho e frangos. Seu sabor é adocicado e ao mesmo tempo picante. Também é usados em peixes, assados, saladas verdes, cozidos de panela e molhos diversos.

ERVA-DOCE

ERVA-DOCE
Utilizada em licores, xaropes,doces,bolos, pães. Facilita a digestão e é afrodisíaca.

CARDAMOMO

CARDAMOMO 
Pode ser utilizado em assados,bebidas e compotas

CEBOLA

CEBOLA 
É considerado comum às classes sociais. É também rica em vitamina, diurética e anti-séptica.

CEBOLINHA

CEBOLINHA
Guarnece sopas, batatas, saladas e pratos que contenham legumes.É também bom para proteção contra maus espíritos.

COENTRO

COENTRO 
É excelente tempero para peixes, carnes de porco e cordeiro assados. É afrodisíaco e simboliza imortalidade.

*
*
*

TCHÁYO ROMANÔ ( CHÁ CIGANO)

Chá Cigano feito com Chá Preto ou Mate com pedaços de frutas (maçã: felicidade; uva fresca: prosperidade; uva passa ou ameixa: progresso; morango: amor; damasco: sensualidade; pêssego: equilíbrio pessoal; limão: energia positiva e purificação da alma).

Fazer o chá em água fervente e deixar amornar. Colocar as frutas maceradas, misturar bem, coar e beber

 

O chá é uma combinação de elementos que nutrem e fortalecem o espírito. Em torno dele se reúnem as pessoas a fim de se refazerem da energia diária e entreterem-se com boas conversas.
Ingrediente para 10 porções:
Chá preto a granel ou em sachês
Frutas da estação – pêssego, ameixas, damascos, morangos secos ( desidratados)
Açúcar ou Adoçante.
Modo de Preparar:
Coloque 2 colheres de sopa bem cheias da erva de chá preto, em 2 litros de água fervendo em um samovar ( pode ser feito em bule ou chaleira). Quando estiver pronto, sirva nos copos de louça ou tigelas com pêssegos em pedaços, damascos ou morangos amassados com um garfo ou colher. Adoce se desejar.
Os ciganos mais antigos faziam torrões de açúcar e os prendiam entre os dentes para tomar o chá.
Magia:
O ato de amassar as frutas deve ser feito em silêncio, enquanto você faz uma prece sincera.
Fazer o chá na Lua Cheia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s